• Da redação

Férias com sabor: arroz com frango, cebola, ervilha e limão – culinária peruana!


Vivemos uma época de diversas variantes na nossa forma tradicional DE VIDA E HÁBITOS vigentes até então, e se essas transformações serão boas ou ruins só o tempo dirá. Por enquanto, sentimos apenas o assombro das mudanças. Mas mesmo em pleno turbilhão, sabemos que algumas coisas vão seguir sua rotina, mesmo que isso aconteça sob outra ótica e de uma maneira diferenciada.

Cito como exemplo as férias de julho, quando normalmente muitas pessoas costumavam viajar e agora, em função da crise política e econômica que parece não ter fim, o panorama teve de ser transformado e muita gente vai ficar em casa mesmo. Pensando no lazer e na diversão dos seus leitores, a coluna propõe uma viagem de férias sem precisar sair de casa, no doce aconchego do lar, porém, ampliando os horizontes e viajando na cultura de outros povos através do sagrado e imutável alimento.

Vamos começar esta viagem cultural e gastronômica sem maiores deslocamentos, quase como se estivéssemos visitando um vizinho, viajando pela nossa encantadora América do Sul, na magia dos Andes e no sabor simples e sofisticado da culinária peruana (na foto, a bandeira do Peru). Esta culinária colorida e dinâmica, resultado de uma variedade geográfica, étnica e cultural de muita expressão, conquistou o mundo, rompeu barreiras e preconceitos e hoje brilha absoluta, muito além da cadeia de montanhas, mais longa do mundo: a cordilheira dos Andes!


Os terraços para uso agrícola da cidade sagrada de Machu Picchu, já evidenciam a importância que os incas dedicavam ao alimento, muito centrado na batata e no milho. Mas a grande virada gastronômica aconteceu com a chegada dos espanhóis. Foi naquele período que as contribuições culinárias estrangeiras fizeram seu aporte e os colonizadores por sua vez, já traziam um sabor de fusão, em função da presença árabe e berbere na Espanha.

Era o alimento como papel agregador e resultado positivo dos domínios questionáveis e invasivos da Europa na América do Sul. Esse arroz clássico da culinária peruana tem sabor sofisticado e surpreendente e utiliza ingredientes simples, de baixo custo e fáceis de serem encontrados. Então, boa viagem!

INGREDIENTES:

250 g de arroz

2 peitos de frango cortados em filés

4 tomates maduros

1 cebola roxa

2 cenouras

1 pimentão vermelho pequeno

1 dente de alho

100 ml de caldo de galinha

150 ml de cerveja preta

100 g de ervilha congelada

2 Colheres sopa de azeite

2 colheres sopa de coentro picado

Suco de 2 limões Taiti

Pimenta-de-caiena a gosto

Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

PREPARO:

Lave os tomates, escalde-os, retire a pele e as sementes e corte-os em pedaços grandes. Descasque a cebola e corte-a em quartos. Descasque as cenouras e corte-as em rodelas. Lave o pimentão, retire as sementes e as nervuras brancas e corte-o à Juliana (em tiras largas e finas). Descasque e pique o alho.

Em uma panela grande, aqueça as 2 colheres sopa de azeite e refogue a cebola, o alho e o pimentão até amolecerem. Acrescente o frango e doure. Junte o caldo e deixe cozinhar tampado em fogo baixo, cerca de 15 minutos, enquanto isso cozinhe o arroz em agua fervente, da maneira tradicional.

Acrescente as ervilhas ao frango 5 minutos antes do final do cozimento. Tempere com sal, pimenta-do-reino e pimenta-de-caiena. Junte o arroz e o coentro, misture e adicione o suco de limão. Ajuste o sal, se necessário. Sirva em seguida!

RENDIMENTO: 5 Porções!

ACOMPANHAMENTO: Salada de folhas verdes e tomates. Pão com manteiga!

DICA: Caso seja vegetariano, substitua o frango pelo cogumelo da sua preferência!

NOTA: Principalmente a geografia, mas também a presença de etnias diversas e as muitas influências culturais, provenientes de diversos lugares do mundo, foram os fatores que deram vida e variedade a rica cozinha peruana. Milenar e moderna ao mesmo tempo.

Inclua no seu cardápio!

#SimpleseSofisticado #BeatrizChassot #CulináriaPeruana #Arrozcomfrango #AméricadoSul #ReceitasCulinárias

26 vues0 commentaire