• Da redação

Cena Urbana: trecho da Alameda Maurício de Nassau será interditado para montagem da Expoflora


O Cena Urbana de hoje destaca o registro feito por nossa colega Helga Vilela, jornalista e editora responsável pelo Jornal da Cidade impresso. Em sua passagem pela Alameda Maurício de Nassau, que será interditada no período de 17 de agosto a 26 de setembro para a montagem de uma parte da Expoflora, próximo ao entorno do ginásio de esportes do Clube Fazenda Ribeirão, ela destaca a imagem da placa (foto abaixo, em destaque) que avisa motoristas e pedestres sobre a interdição do trecho, o que obrigará os usuários da Policlínica Municipal a fazerem o contorno para buscar atendimento médico.


E a julgar pela opinião do morador Luiz Satiro, 62 anos (foto abaixo), que mora em Holambra há 40 e passava pelo local, o que para muitos pode parecer um transtorno, é visto com naturalidade por quem já se acostumou com a realização da maior exposição de flores e plantas da América do Sul. "Não vejo muito problema em dar a volta porque ela não é grande, então, entendo que não atrapalha muito pra gente ir no Postinho (Policlínica) não. Algumas pessoas podem até se incomodar, mas eu já tô acostumado", disse Satiro.


Para ele, que já trabalhou na antiga Cooperativa, a festa traz benefícios para a maioria dos moradores de Holambra, e junto com a opinião, dá um conselho: "Pra quem mora na cidade, dependendo do lugar, é preferível deixar o carro em casa e vir a pé, pra não ter dificuldade com vaga de estacionamento. "Conheço bem a festa porque antes a gente entrava com o crachá de serviço, e agora, conforme você lembrou, tem o Cartão Cidadão, né?", finaliza.

Fotos: Helga Vilela (Editora do JC impresso)

#Expoflora2017 #Interdição #AlamedaMaurícioNassau #Placa #CenaUrbana #Holambra

17 vues0 commentaire