• Da redação

Após 24 anos, Holambra não elege mulher no Poder Legislativo

Última eleição que elegeu apenas homens foi em 1996




Holambra escolheu, no último domingo (15), nove representantes para ocupar a Câmara Municipal. Nenhuma mulher. O fato chama a atenção, pois a última legislatura que não contou com uma representante do sexo feminino acabou no ano 2000.


As primeiras mulheres eleitas como vereadoras em Holambra foram Jacinta Heijden e Solange de Carvalho Mota, no pleito que escolheu os membros do Poder Legislativo para o quadriênio 2001-2004. Jacinta ainda seria eleita em 2004, 2012 e 2016.


Naiara Hendrikx foi a terceira mulher a ocupar o cargo de vereadora. Eleita pela primeira vez em 2004, ela se reelegeu em 2008 e 2016. Nas eleições de 2008, Andreza Esperança foi a quarta mulher eleita para o cargo.


Nesta eleição as três mulheres mais votadas foram Naiara Hendrix (259 votos), Jô da Farmácia (246) e Érica Souza (173).


Zerando o número de mulheres eleitas, Holambra vai na contramão do que se tem registrado no país em 2020, analisando apenas os dados do primeiro turno. De acordo com dados do TSE, nas eleições municipais de 2016, do universo de 57,8 mil vereadores eleitos no País, 7,8 mil eram mulheres - ou seja, 13,5% do total.


Em 2020 o número teve um ligeiro aumento. Agora, do total de eleitos para o Poder Legislativo, 16% são mulheres, somando 9 mil mulheres em todo o país. O aumento, no entanto, não representa a porcentagem de eleitoras no país. As mulheres são 52,5% do eleitorado nacional. Os números foram publicados no site da Câmara dos Deputados Federais.


Além da cota de 30% de candidaturas femininas, nesta eleição municipal foi a primeira vez que entraram em vigor as novas regras da reserva de, no mínimo, 30% dos fundos eleitoral e partidário e a aplicação do mesmo percentual ao tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão para as mulheres, com a obrigatoriedade dos partidos de fazerem a divulgação dessas candidaturas.


Outros números

Dos 11.751 eleitores, 2.269 não foram votar, o que corresponde a 19,31% do total. Dentre os 8.593 que foram votar, 331 votaram branco e 558 votaram nulo.

Entre os vereadores, o partido que mais recebeu votos foi o PDSB, com 2.074, totalizando 23,92%. O PTB contou com 1.865 (21.51%) e o PSD 1.735 (20,01%).

Michale Harteman


60 visualizações